Num "parlamento faz de conta" ainda "não consegui fazer nada" do que havia prometido

02.03.2015 17:50

Foi a vitória mais surpreendente das últimas eleições europeias. Marinho e Pinto foi eleito eurodeputado mas - um mês depois da vitória, já anunciava a vontade de abandonar Bruxelas. Desvinculou-se do partido que o elegeu, o Partido da Terra, e é hoje independente. Em entrevista à SIC o ex-bastonário denuncia a falta de poder do Parlamento Europeu, critica os salários e privilégios dos eurodeputados e admite que ainda não fez nada do que prometeu na campanha.

FOTO:  Luís Barra (LB) - Fot (Impresa Publishing)
COMENTÁRIOS

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.