O Estado da (des)União

18.09.2015 16:24

A crise dos refugiados dominou a primeira sessão do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, depois das férias. O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, fez o balanço do Estado da União e apelou à solidariedade dos 28 para distribuir 160 mil refugiados. O Parlamento está ao lado da Comissão na necessidade de não se fecharem as portas da Europa a quem foge da guerra e da destruição.

COMENTÁRIOS

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.