Jennifer Lawrence a caminho de um novo Oscar?

07.01.2016 13:07

A maioria dos analistas de Hollywood garante: a interpretação de Jennifer Lawrence, em “Joy”, vai garantir-lhe, no mínimo, uma nomeação para o Oscar de melhor actriz. João Lopes comenta as novidades da semana, destacando também as estreias de “99 Casas” e “Foxfire”.

O ponto de partida é a vida de uma jovem que inventa uma revolucionária... esfregona! O novo filme de David O. Russell, “Joy”, consegue conciliar o drama familiar com a parábola social — e tem um elenco de luxo que inclui, entre outros, Jennifer Lawrence, Bradley Cooper e Robert De Niro.

A crise financeira de 2008 é tratada por Ramin Bahrani, em “99 Casas”, a partir dos casos dramáticos de famílias sem grandes recursos que vêem as suas casas serem entregues a entidades bancárias — um belo exemplo do cinema social americano, com Michael Shannon, Andrew Garfield e Laura Dern.

Depois de ter ganho o Festival de Cannes, com “A Turma” (2008), o francês Laurent Cantet realizou “Foxfire – Raposas de Fogo”, que agora chega às salas portuguesas. Inspirando-se num romance de Joyce Carol Oates, este é o retrato vibrante de um gang feminino, em plena década de 1950.

Em DVD, já podemos ver ou rever um dos grandes espectáculos lançados em 2015: “O Jovem Prodígio T. S. Spivet”, de Jean-Pierre Jeunet, é a crónica terna e cruel de um jovem inventor que faz uma épica viagem para ser consagrado no Instituto Smithonian, em Washington.

* Banda sonora: “The Hateful Eight” (2015), de Quentin Tarantino

> “Overture”, Ennio Morricone

COMENTÁRIOS

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.