Atentados de Utoya foram há 5 anos. Mas extremismos continuam a crescer

08.06.2016 16:49

Passaram quase cinco anos desde que a Noruega assistiu ao pior massacre desde a Segunda Guerra Mundial. Em 2011 um nacionalista de extrema-direita fez 77 mortos num duplo atentado, a maior parte adolescentes que participava num campo de férias. Mas enquanto o país procura recuperar do trauma, a Europa continua a assistir ao avanço de extremismos políticos.

COMENTÁRIOS

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.