E se cada cidadão recebesse um ordenado apenas por existir? A Finlândia está a testar a ideia

07.03.2018 11:20

A Finlândia tornou-se o primeiro na Europa a aplicar um rendimento básico incondicional. A experiência de dois anos pretende reduzir a burocracia e a pobreza e aumentar o emprego.

COMENTÁRIOS

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.