A banda que se despediu dos palcos em 2009 já tem data marcada para concerto no Algarve.

Os Delfins, banda liderada por Miguel Ângelo, vão regressar este ano aos palcos, mais de dez anos depois do último concerto, tendo sido anunciados como primeira confirmação do cartaz de um novo festival que decorrerá em junho, no Algarve.

Os Delfins "são a primeira confirmação do cartaz que se estende de 09 a 14 de junho de 2020, contando com o reencontro da banda no primeiro dia do festival", refere a organização do South Sound Arts Festival, que irá decorrer na marina de Albufeira.

O regresso dos Delfins acontece mais de dez anos depois do último concerto da banda, em 31 de dezembro de 2009, em Cascais, de onde são originários.

"Miguel Ângelo, Fernando Cunha, Dora Fidalgo, Rui Fadigas, Luís Sampaio e Jorge Quadros, a mais aplaudida formação dos Delfins, interpretara, nesta 'tour' de reencontro, um alinhamento que inclui clássicos como 'Canção do Engate' (original de António Variações), 'Bandeira', 'Aquele Inverno', 'Um Lugar ao Sol', 'Nasce Selvagem', 'Ao Passar Um Navio', 'A Queda de um Anjo', 'Solta os Prisioneiros', 'Sou Como Um Rio', 'Saber Amar', entre muitos outros", adianta a organização do festival algarvio.

Em 2008, o guitarrista Fernando Cunha anunciou a sua saída e a banda revelou que faria apenas uma digressão de despedida, que culminaria no dia 31 de Dezembro de 2009.

Em 2009, acabaram-se os Delfins, uma das bandas pop da música portuguesa que fez sucesso nos anos 1990, mas o projeto continuava, porque havia inéditos, gravações ao vivo e edições comemorativas ainda por editar.

"Apenas acaba uma marca ativa que se chama Delfins e que será uma marca passiva no futuro. Há muita coisa para pôr cá para fora. Não vai ser um 'blackout' total, vamos continuar a estar presentes, quer queiram quer não, na música portuguesa", disse em 2009 o vocalista da banda, Miguel Ângelo, à agência Lusa.

Os bilhetes para o South Sound Arts Festival, que "promete levar ao Algarve o melhor nas va´rias a´reas culturais e artísticas, apresentando-se como mais do que um festival de mu´sica", estarão à venda a partir de dia 27 deste mês.

COMENTÁRIOS

Atenção: este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.